Home Mapa do site

 

 

Ao tratarmos do tema “Mãe-filho”, descobriremos que o processo de interação que se inicia com a mãe faz com que ela e o filho formem uma díade, proporcionando as condições de respostas do bebê.

No item “Mãe-filho-objeto” veremos como se dá a interação entre esses três elementos.

Aqui vamos refletir sobre a importância da imitação e das condutas simbólicas ou de “fazer de conta”.

Em “A percepção da fala” veremos como se dá o início da percepção dos sons. 

Ao tratarmos do tema “Percepção multimodal” descobriremos que a linguagem  também pode ser vista.

Em “Praticando sons” veremos que se inicia a fase dos balbucios.

Agora veremos o momento em que a criança pronuncia suas primeiras palavras.

No tema “Palavras e gestos” analisaremos como ocorre o começo da comunicação.

Agora veremos o momento em que a criança pronuncia suas primeiras palavras.

Neste item vamos aprender como estimular a linguagem dos bebês.

 Neste tópico, vamos conhecer quais são as condições necessárias para a compreensão da linguagem pelo bebê.

 Neste tópico, conheceremos mais sobre os processos de compreensão da gramática.

 Agora veremos quais indicadores o bebê utiliza para entender as primeiras combinações entre as palavras que conhece.

 Agora veremos como as crianças são sensíveis às ordens expressas em palavras.

 

 

Aqui veremos como o contexto e a rotina favorecem a aprendizagem das palavras.

Em “Onomatopeias” veremos como as crianças são atraídas pelos aspectos sonoros da linguagem.

Aqui veremos como se dá o processo das primeiras palavras, as novidades e os erros.

Em “Intenção comunicativa” veremos como as crianças querem se comunicar e falar sobre muitas coisas do mundo.

Em “Relaciona palavras” veremos como se dá o processo de compreender quais e como se relacionam as palavras.

Em “Aprendendo sons” veremos como a criança pronuncia cada vez melhor ao aprender unidades e como faz isso

Aqui veremos como a criança elimina, adiciona e copia alguns sons.

Aqui veremos por que as crianças simplificam sílabas e preferem certas formas sonoras.

 Agora descobriremos quais são as cenas que propiciam à construção gramatical e os primeiros verbos.

Em "Construções sintáticas" vamos analisar as operações que orientam as construções e as respostas que as crianças dão às perguntas do adulto.

 Aqui continuaremos analisando como a criança compreende do que se fala para responder.

 Em "Erros e categorização" veremos como as frases e a concordância são aprendidas pouco a pouco.

 Nesse tema, veremos como as crianças aprendem a responder, a perguntar, a cumprir ordens, a criar ficções e a brincar.

Em “Narração” analisaremos como a criança começa a falar além do “aqui e agora”.

Aqui veremos como se dá a entrada da criança ao mundo dos livros e como começa a ampliar os horizontes da linguagem.

O foco em “Metalinguística” é o começo da consciência sobre a linguagem.

 

 Em “Formar palavras” veremos como se dá a produção de palavras novas e os tipos de erros infantis mais comuns.

No tema “organização das palavras” veremos a categorização que implica conhecer palavras. Por exemplo, nas relações de hierarquia, de semelhança ou de diferenças.

Em “Aprender novos conceitos” veremos quais são as relações entre as palavras e os conceitos e a facilitação que as séries fechadas proporcionam a essas relações.

 No tema “Pequenas palavras” faremos referência àquelas que têm a função de juntar ou unir outras palavras.

 Em “A linguagem que escutam”vamos conhecer a importância de se falar às crianças e de que elas mesmas produzam linguagem para analisá-la e compreender sua estrutura.

Neste tópico veremos como ocorre a construção sonora das palavras, os tipos de sílabas que as compõem, a frequência com que são usadas, o seu comprimento...

 Neste tópico vamos ver a pronúncia dos sons e os erros mais comuns.

 Agora vamos olhar para os processos de simplificação.

 Em "Vocabulário e morfossintaxe", veremos as relações entre o aumento do vocabulário e a forma e organização das palavras.

Em “Informação e gramática” veremos a relação que existe entre o tema do que se fala e a forma gramatical da apresentação.

No tema "Os verbos"vamos conhecer a complexidade da aprendizagem do sistema verbal.

No tema “Construções abstratas”descobriremos que a aprendizagem gramatical é algo mais que juntar palavras.

Ao abordarmos o tema “Jogos de linguagem”, nós nos perguntamos sobre qual a importância dos jogos verbais para a aprendizagem.

No tema "A conversa", veremos que as crianças aprendem a considerar a forma e o conteúdo do que se fala.

Ao abordarmos “a  narração”descobriremos como a criança aprende a falar sobre o passado e não apenas sobre o “aqui” e o “agora”.

 Em “estados mentais” descobriremos como as crianças aprendem a considerar as pessoas como criaturas mentais (com desejos, emoções, intenções e crenças).

 

Em "Falar sobre a linguagem" descobriremos como as crianças tomam consciência das intenções do interlocutor e começam a entender a linguagem como um sistema de sinais.

Aqui veremos como as crianças estabelecem relações entre as palavras.

 

Em “Aprende de muitas maneiras” veremos como as crianças usam diferentes recursos e tipos de pistas para compreender o que se diz e para incorporar novas palavras.

Aqui, veremos que nesta idade as crianças dispõem de termos cada vez mais abstratos para as atividades cognitivas (sobre o espaço, os atributos, o pensar, etc.) e para os sentimentos.

Agora veremos que as crianças continuam ampliando categorias para conhecer o mundo e a si mesmas.

Aqui veremos o início do uso de expressões fixas e de linguagem figurada, bem como de definições e de conhecimento de mundo.

A fim de abordarmos as novas aprendizagens gramaticais, faremos um breve resumo sobre as competências já adquiridas.

Aqui veremos como a criança elabora o tema sobre o qual está falando, com que termos o apresenta e a quais se refere uma segunda vez.

Agora veremos como as crianças aprendem a expandir e ampliar os enunciados, ou seja, a fazer construções mais complexas.

Agora veremos os modos e como usar a interrogação.

Aqui vamos conhecer a atitude do falante diante do que é dito.

Aqui veremos as competências para o uso da fala em relação à ação, ao contexto e à interação social.

Agora veremos como descobrir os temas dos quais se fala e as características de uma informação nova ou conhecida.

Agora descobriremos que as crianças participam cada vez mais das conversas de família e das conversas em sala de aula para trocar informação e elaborar discursos extensos.

Aqui conheceremos as perguntas, os personagens na narração, o uso dos conectores e o discurso reproduzido.

O tema "Aprender textos" se relaciona com a organização do texto e a competência que a criança vai adquirindo sobre eles

Agora veremos como as crianças aprendem aspectos metalinguísticos em casa, entre os amigos e na escola.

Aqui trataremos do interesse crescente que as crianças apresentam pelo impresso e seus usos e, também, dos processos e situações de aprendizagem inicial em relação aos textos, à escrita e à leitura.

Agora conheceremos diversas situações que contribuem para o aprendizado da leitura e da escrita.

 Agora mostraremos a relação bidirecional que existe entre alfabetização e vocabulário: o aumento do vocabulário contribui para a compreensão e vice-versa.

Em "Pensar e falar sobre a linguagem" descobriremos que a aprendizagem da escrita ajuda a tomar consciência sobre muitos aspectos da linguagem.

 

e-max.it: your social media marketing partner